Home Renault a

Renault adquire novo lote de 120 mil máscaras da Associação Borda Viva

10/06/2020

A Renault do Brasil acaba de encomendar um novo lote de 120 mil máscaras da Associação Borda Viva. As máscaras serão utilizadas pelos colaboradores da fábrica na linha de produção e a confecção dos itens irá gerar renda para as mulheres da comunidade que fazem parte do projeto Casa da Costura.

Para a produção, a Associação Borda Viva vai contar com o auxílio de outro projeto apoiado pelo Instituto Renault, o programa Supera, que também promove inclusão por meio da formação na costura.

O novo pedido totaliza 206 mil unidades solicitadas à Borda Viva, das quais 86 mil já foram entregues. Além de dois grandes lotes de 40 mil unidades, também foram adquiridas 5 mil máscaras para a AACD, com doação anunciada durante live de aniversário da influenciadora Maísa, e outras 1 mil unidades para os colaboradores do escritório da Renault em São Paulo. Além dessas, 11 mil máscaras descartáveis também já foram produzidas pelo programa Supera.

“Seguimos realizando ações para apoiar a comunidade próxima à nossa fábrica e garantindo a segurança de nossos colaboradores” comenta Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da Renault do Brasil.

“Trabalho na Borda Viva há quase um ano e está sendo muito bom para mim. O mais gratificante é saber que a gente pode ajudar outras vidas com as nossas máscaras, cuidando de nós e de outras pessoas”, afirma Priscila Massanero, moradora da Borda do Campo e costureira do projeto Casa da Costura, da Associação Borda Viva.

Sobre a Associação Borda Viva
A Associação Borda Viva é uma organização sem fins lucrativos que atua desde 2002 no desenvolvimento social, segurança alimentar para crianças e no empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e da geração de renda. A associação está localizada no bairro Borda do Campo, região próxima à fábrica da Renault em São José dos Pinhais - PR. Cerca de 90 mil pessoas já foram impactadas pelas ações da Associação que conta com a parceria do Instituto Renault.

Para promover a segurança alimentar, crianças cadastradas em idade escolar e que vivem em situação de vulnerabilidade social, recebem diariamente refeições preparadas pelas mulheres da comunidade. Ao todo são 37,2 mil refeições servidas por ano. 

A geração de renda possui três frentes:
- A Cozinha Comercial, lançada em 2012, cujo objetivo é gerar renda para as mulheres da comunidade oferecendo refeições de qualidade a um preço acessível.
- Associação também atua na comercialização de coffee breaks para eventos de empresas e outras organizações.
- A Casa da Costura, lançada em 2010, que tem como objetivo formar mulheres na área da costura e modelagem, além de bordados e estampagens. Para trazer maior atratividade aos seus produtos, desde 2015 a Casa da Costura passou a contar com uma coleção desenvolvida pelas mulheres do projeto com o auxílio de uma designer. Mantendo a sua tradição em produtos sustentáveis, a nova coleção utiliza, na sua maioria, aparas e sobras de materiais da indústria automobilística, como cintos de segurança e tecidos automotivos

Sobre o programa Supera
O Programa Supera é a unidade de geração de renda da Unilehu, organização do terceiro setor que tem por missão principal tornar possíveis iniciativas sociais de inclusão. Com foco na geração de renda, desde 2007 o Supera possibilita a criação de oportunidades a pessoas em vulnerabilidade social, através da oportunidade de trabalho e formação na costura. Em oficinas de produção de costura, estamparia e artesanato, mais de 150 pessoas em vulnerabilidade social foram qualificadas para fazer os produtos do portfólio Supera, que conta com diversas opções de brindes, presentes e vestuário.

Desde o início das atividades, 62 alunos já se tornaram produtores certificados e passaram a ter remuneração por produção. Para ajudar ainda mais o processo, o Supera fornece infraestrutura, com equipamentos e matéria prima para a confecção dos produtos e se responsabiliza pela comercialização do estoque produzido. O projeto amplia o seu impacto social ao dar prioridade no desenvolvimento de produtos sustentáveis feitos de diversos tipos resíduos, contribuindo para a preservação do meio ambiente.
 
Sobre o Instituto Renault
Fundado em 14 de setembro de 2010, o Instituto Renault já impactou mais de 740 mil pessoas, atuando nos eixos de inclusão e mobilidade sustentável. 

No eixo Inclusão, além do Renault Experience a Renault apoia a Associação Borda Viva, para promoção do desenvolvimento social, da segurança alimentar para crianças e do empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e da geração de renda.

No eixo Mobilidade Sustentável, destaque para o Programa “O Trânsito e Eu”, de educação para segurança no trânsito, presente de forma permanente em oito municípios do país: Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Arapongas, no Paraná; Pelotas (RS); além das cidades paulistas de São Bernardo do Campo, Santa Bárbara d’Oeste e São Paulo, capital. O programa também desenvolve ações itinerantes em parques, shoppings e eventos. Cerca de 230 mil crianças já foram impactadas pela iniciativa. No mesmo eixo, a Renault já comercializou cerca de 300 veículos 100% elétricos no Brasil a empresas que possuem projetos relacionados à mobilidade zero emissão.